blogjucelioalmeida@gmail.com

Áudio. Ricardo Coutinho diz que vai se candidatar ao Senado e chama o Governador de fraco e traidor

Áudio. Ricardo Coutinho diz que vai se candidatar ao Senado e chama o Governador de fraco e traidor
O ex-governador RC, ignorou a decisão do TSE que respaldou sua inelegibilidade e revelou que vai disputar uma vaga no senado

O ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho, foi entrevistado na tarde desta terça-feira, 08, por Cláudio Nepó, radialista de Itaporanga. Na entrevista, o ex-governador afirmou ser candidato ao senado nas próximas eleições.

“Eu serei candidato ao senado a não ser que dentro desse olhar que  o presidente Lula trás e tal. Mas eu  vou conversar com ele e com outros companheiros. Na verdade eu gostaria de enfrentar esse João Azevedo num debate, olhando no olho dele, embora ele olhe pro chão. É um cabra que não sustenta nem o olhar, imagine a palavra. Perguntar a ele porque ele perseguiu tantos companheiros, que fizeram dele de um desconhecido a governador do Estado”, disse.

O ex-governador afirmou que teria o maior prazer em disputar o governo do estado, mas as circunstâncias do Brasil requer que a Paraíba tenha uma voz com estatura e coragem o suficiente para representar o povo.

Sobre João Azevêdo

O ex-governador afirma que deu toda confiança a João Azevêdo e foi traído: “O Estado encolheu com João Azevêdo. Encolheu por falta de politica, falta de respeito ao projeto. Ele traí o Governo, traiu a todos. Traiu porque é um caro fraco. Um cara que não olho no olho de ninguém, olha pra baixo. Infelizmente eu não conseguir ver isso a tempo”, disse Ricardo.

Inelegibilidade

No dia 26 de maio, o  TSE rejeitou os embargos de declaração apresentados pela defesa do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) e manteve a inelegibilidade do socialista por oito anos. Com a confirmação da decisão, Coutinho poderá ficar de fora das disputas eleitorais em 2022.

Ouça o áudio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *