blogjucelioalmeida@gmail.com

Arrependido: Horas depois de chamar Moraes de canalha, Bolsonaro faz elogios ao ministro. Veja carta

Arrependido: Horas depois de chamar Moraes de canalha, Bolsonaro faz elogios ao ministro. Veja carta
Em carta, Bolsonaro em tom de arrependimento faz elogios a Alexandre de Morais a quem tratou no dia 7 de canalha

Dois dias após fazer ataques ao Supremo Tribunal Federal (STF) durante os atos de 7 de Setembro, presidente Jair Bolsonaro divulgou nesta quinta-feira, 9, uma nota em que afirma que nunca teve “intenção de agredir quaisquer dos Poderes”. “A harmonia entre eles não é vontade minha, mas determinação constitucional que todos, sem exceção, devem respeitar”, afirmou o chefe do Poder Executivo, que ainda faz aceno ao ministro Alexandre de Moraes, a quem chamou de “canalha” durante os comícios de terça-feira, 9.  A nota foi redigida com auxílio do ex-presidente Michel Temer, que se reuniu com Bolsonaro no Palácio do Planalto. O marqueteiro rio-pretense Elsinho Mouco participou da elaboração da carta.

Na nota divulgada nesta quinta, Bolsonaro recua dos ataques contra o ministro do STF Alexandre de Moraes, que foi ministro da Justiça de Temer e indicado pelo emedebista para o Supremo, e o elogia. “Quero declarar que minhas palavras, por vezes contundentes, decorreram do calor do momento e dos embates que sempre visaram o bem comum”, afirmou.

Carta escrita por Bolsonaro

“Em que pesem suas qualidades como jurista e professor, existem naturais divergências em algumas decisões do Ministro Alexandre de Moraes”, afirma Bolsonaro. A nota foi divulgada pouco após Bolsonaro se reunir com o ex-presidente Michel Temer, responsável pela indicação de Alexandre à Corte.

Discurso do dia 7

Na terça-feira, 07, em discursos em Brasília e em São Paulo, Bolsonaro adotou tom golpista ao ameaçar o Supremo, disse que não cumprirá decisões do ministro Alexandre de Moraes, que chamou de “canalha”, voltou a atacar as urnas eletrônicas e afirmou que só deixará a Presidência morto. “Ou o chefe desse Poder (Judiciário) enquadra o seu (ministro) ou esse Poder vai sofrer aquilo que não queremos”, disse. Ele pregou que “presos políticos sejam postos em liberdade”, em referência às detenções de bolsonaristas determinadas por Moraes.

One thought on “Arrependido: Horas depois de chamar Moraes de canalha, Bolsonaro faz elogios ao ministro. Veja carta

  1. Ana
    9 de setembro de 2021 at 22:07

    O presidente não capacidade de administrar uma nação.
    É confundida, com a de controlar uma milícia.
    Fora genocida.
    Viva a Democracia e o respeito e a independência dos poderes.

Comments are closed.