blogjucelioalmeida@gmail.com

Decidido. Na quarta, Flamengo e Defensa será no Mané Garrincha e com público

Com o respaldo das duas equipes, a Conmebol aprovou e o Governo do DF acatou. Com público próxima quarta, 21, Flamengo e Defensa

O Flamengo receberá o Defensa y Justicia no Mané Garrincha, em Brasília, com público na próxima quarta-feira, 21, no duelo de volta das oitavas de final da Libertadores. O presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, confirmou a partida na capital ao desembarcar no Rio de Janeiro depois da vitória por 1 x 0 na primeira partida, em Florencio Varela.

“Brasília, mas temos que acertar ainda o processo de como seria a venda de ingressos. Precisamos conversar primeiro com o pessoal aqui”, disse o presidente do Flamengo aos repórteres no Aeroporto Internacional do Galeão, no Rio de Janeiro. A Conmebol também confirmou a partida em Brasília.

Critério

O Mané Garrincha tem capacidade para aproximadamente 70 mil torcedores, mas comercializará 25% de lugares marcados para imunizados com dose dupla ou uma no caso da Janssen com 15 dias de antecedência da partida. As exigências detalhadas para o acesso ao estádio na edição suplementar do Diário Oficial do Distrito Federal no fim deste post.

Plano B

O Defensa y Justicia havia concordado em jogar no Mané Garrincha, mas demorava a assinar o documento de transferência. Àquela altura, a Conmebol só poderia oficializar a mudança de cidade mediante da concordância entre os dois clubes. Angustiado com o prazo, o Flamengo chegou a acionar o governo e a prefeitura do Rio na tentativa de colocar 10% de público no Maracanã.

Em campo

Como venceu o jogo de ida por 1 x 0, o Flamengo terá vantagem do empate na próxima quarta-feira, no Mané Garrincha. Se o Defensa y Justicia devolver o placar, a vaga para as quartas de final será disputada nas cobranças de pênalti. O sobrevivente do mata-mata terá pela frente Internacional ou Olimpia, que se enfrentam nesta quinta, 15, em Assunção.

Há 30 anos

É a segunda vez que o Flamengo mandará jogo da Libertadores em Brasília. A primeira faz 30 anos. Em 26 de março de 1991, o Flamengo recebeu o Bella Vista do Uruguai, no Mané Garrincha. Foi um jogo dramático. O time uruguaio abriu o placar com Navarro. O rubro-negro só empatou a partida aos 44 minutos do segundo tempo, graças ao meia-atacante Marcelinho Carioca.