blogjucelioalmeida@gmail.com

“Não está nos planos romper com João”, diz o deputado Hugo Motta

“Não está nos planos romper com João”, diz o deputado Hugo Motta
Hugo Motta diz que não está nos planos do Republicanos racha com o Governador João Azevêdo

Após o lançamento de uma nota à imprensa, na semana passada, onde o Deputado Federal Hugo Motta, presidente do partido Republicanos na Paraíba, confirmava o apoio da legenda à reeleição do governador João Azevedo (PSB), e, por conseguinte, os convites do senador Veneziano e do deputado Pedro Cunha Lima a uma aliança, o parlamentar afastou em tese mais uma vez a possibilidade de distanciamento da sigla com o governado. “Não está em nossos planos uma ação de rompimento”, disse Hugo.

“Não está em nosso planejamento qualquer ação que seja de rompimento com o governador, até porque a nossa posição sobre a sua reeleição é muito clara, a Paraíba inteira sabe que somos o único partido que tem andado essa Paraíba toda ao lado do governador e espero que esses que estão chegando agora [Progressistas] comecem a andar também para que se somem a nós”.

Motta, voltou a destacar que a legenda republicana tem feito publicamente uma cobrança ao governador João Azevêdo para ser chamado ao diálogo na composição da chapa. Durante a entrevista a uma emissora da capital, questionado se aceitaria a indicação de Aguinaldo Ribeiro (PP) que quer a vice, ele afirmou que “precisa ser convencido” de que o Progressistas é maior e pode colaborar mais que o Republicanos.

Sem imposição

“Eu não estou impondo: ou nos dá a vice, ou a gente saí. Não estou impondo isso. O que estamos impondo neste momento é que o partido seja chamado para essa discussão porque se a vice não ficar para o Republicanos, e essa é a nossa intenção, nós precisamos então ser convencidos de que outro partido que está chegando é maior que a gente, pode colaborar mais que nós. Precisamos saber qual o nome colocado por esse partido, porque no nosso nós temos várias opções colocadas ao governador e eu devo satisfação a essas lideranças”, afirmou Hugo Motta.